Educacion Fisica y Ciencia

Artículos

Educacion Fisica y Ciencia

Educación Física y Ciencia

Educación Física y Ciencia ISSN 2314-2561

Revista electrónica trimestral que publica artículos originales e inéditos, sobre temas procedentes de la Educación Física y otras disciplinas científicas afines.

  • Combinação do Mat Pilates e Tai Chi Chuan na melhoria da qualidade do sono em idosos
    por Sara Teresinha Corazza el día julio 1, 2021 a las 3:00 am

    Desordens no sono, assim como a insônia e sonolência excessiva diurna, são elementos que afetam a qualidade de vida do idoso, porém já existem fortes indícios de que esses problemas podem ser eliminados ou diminuídos com a prática do exercício físico. Objetivo: Verificar a melhoria na qualidade do sono, em um grupo de idosos, após a intervenção combinada do Mat Pilates (MP) e Tai Chi Chuan (TCC). Metodologia: Esta pesquisa caracteriza-se como quase-experimental com pré e pós teste, com 66 idosos, com média de idade de 66,53 anos, que foram submetidos à 26 sessões da prática combinada do MP e TCC e foram submetidos à aplicação do Questionário de Índice de Qualidade do Sono de Pittsburgh (PSQI) antes e após a intervenção. A análise estatística utilizada foi o teste t para amostras pareadas, através do SPSS, na versão 21.0, com nível de significância de 5%. Resultados e conclusões: Como resultados obteve-se melhora em todas as 7 categorias do PSQI, ressaltando a eficiência da combinação do MP e TCC para um sono reparador e relaxante, melhorando com isso a qualidade de vida e saúde dos idosos.

  • Exercícios Físicos para Mulheres com Varizes: Treinar condicionamento geral ou membros inferiores?
    por Ícaro do Carmo Carvalho el día julio 1, 2021 a las 3:00 am

    Esse estudo comparou o efeito de dois programas de treinamento sobre a aptidão física e qualidade de vida em mulheres com Varizes, sendo um programa de condicionamento físico geral (CFG) e o outro de fortalecimento de membros inferiores (MMII) aplicado a 2 grupos de voluntárias, praticantes regulares de exercício físico, por 12 semanas. Foram coletados, pré e pós treinamento, dados de qualidade de vida, perimetria de panturrilha, goniometria do tornozelo, teste de ponta de pé e degrau. Nove mulheres do programa CFG (54 ± 18 anos) e onze do programa MMII (58 ± 8 anos) concluíram a intervenção. Comparando a magnitude de variação nos resultados de cada teste e entre os programas por teste t independente, as participantes do programa MMII apresentaram melhor desempenho nos testes de aptidão física e qualidade de vida que as do programa CFG, com diferença significativa nos resultados de resistência muscular (p < 0,01 para repetições e p = 0,02 para tempo de execução no teste de ponta de pé) e flexibilidade (p < 0,01). Concluiu-se que um programa específico de fortalecimento de membros inferiores possibilita melhores resultados em aptidão física em relação a um programa de condicionamento geral.

  • Percepción de factores que inciden en la participación y competencia de mujeres atletas en Para Powerlifting
    por Jenny Patricia Ortiz Cárdenas el día julio 1, 2021 a las 3:00 am

    La mayoría de las personas con discapacidades físicas no participan en deportes regularmente y mucho menos en deporte de rendimiento. Por lo tanto, se necesita conocimiento sobre aquellos factores que inciden en la participación deportiva en los diferentes para deportes ofertados. Por esta razón, el presente estudio indagó en la percepción de dichos factores por parte de las mujeres para atletas que practican Para Powerlifting, teniendo como antecedente que de ese grupo poblacional ha existido menor crecimiento numérico a lo largo de los años. Para ello, se encuestaron 49 deportistas de 13 países participantes en el Bogotá 2018 World Para Powerlifting “Americas Open Championships”. Se logró identificar que la práctica del Para Powerlifting es un motivador importante debido a su oportunidad de conseguir un desarrollo deportivo profesional, que barreras como la falta de escenarios deportivos y adecuación específica de acuerdo con las necesidades de las personas con discapacidad y del deporte son altamente percibidas por las para atletas que adicionalmente manifiestan que, a nivel gubernamental se han tomado medidas. Sin embargo, aún falta mayor trabajo para lograr la masificación del para deporte en la población femenina.

  • Docência em Educação Física Inclusiva: esgotamentos vividos no contexto do ensino remoto brasileiro
    por Roseli Belmonte Machado el día julio 1, 2021 a las 3:00 am

    O ano de 2020 ficou marcado pela pandemia do Covid-19, fato que impactou os diferentes modos de vida. O distanciamento social foi um dos modos de conter a pandemia, ocasionando a cessão das aulas presenciais no Brasil, migrando para o modelo de ensino remoto. Nessa realidade, este estudo, que considera o ensino remoto dentro do contexto social, político e econômico brasileiro, teve como objetivo problematizar a docência de professores de Educação Física escolar no contexto das aulas remotas no Brasil, focando no trabalho com alunos considerados de inclusão. Um estudo exploratório qualitativo, que realizou entrevistas com professores de Educação Física. Foram 116 entrevistas, realizadas através de questionário elaborado na plataforma Google. A análise seguiu o aporte das pesquisas pós-estruturalistas de pensar a Educação, apoiada nos conceitos de governamentalidade e de docência. A partir da análise são trazidos dois pontos para discussão: as práticas trabalhadas na Educação Física com alunos de inclusão no ensino remoto e a ideia de crise na docência em uma Educação Física inclusiva. Com isso, argumenta-se que a falta do contato com os alunos na escola e as desigualdades do contexto social e econômico brasileiros podem ocasionar práticas de exclusão e contribuir para um esgotamento docente.

  • Competência motora em crianças: uma discussão sobre a participação da família e das políticas publicas
    por Emiko Harumi Duarte Nakai el día julio 1, 2021 a las 3:00 am

    As mudanças no estilo de vida das crianças, principalmente o envolvimento com videogames, têm impactado o nível de competência motora e influenciado no estado de saúde durante a infância, adolescência e idade adulta. O presente estudo teve como objetivo comparar o desempenho motor de crianças de 10 anos de idade, que dedicam seu tempo livre principalmente a jogos digitais e aquelas que brincam ao ar livre. Uma anamnese foi usada para quantificar o tempo diário gasto em brincadeiras ao ar livre e tempo com videogames na rotina das crianças. Para avaliar a competência motora, foi utilizado o teste de coordenação motora KTK - Koperkoordinations Test For Kinder. Os resultados mostram que o grupo que joga videogames diariamente apresentou um escore de desempenho motor “muito fraco” para a idade de 10 anos, enquanto o grupo que brinca ao ar livre apresentou um nível “bom” de desempenho motor. Discutiu-se o papel das políticas públicas que favoreçam a igualdade de oportunidades para a prática de atividades físicas e esportivas, bem como o papel da família como estímulo e modelo para a prática de esportes e atividades físicas. Concluiu-se que o tipo de atividade realizada no tempo livre impacta o nível de desempenho motor.

Buscador Avanzado

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Temas y Carreras